Garota Sensível - Por Verônica Camargo




Tudo começou por um câmera...
Eu achava que podia confiar... ou eu posso!

Sabe qual a pior coisa do mundo? Saber que você não é amada por ninguém, se sentir realmente muito sozinha no mundo e não poder contar com que você tinha a certeza que podia.

São pessoas que te apontam o dedo sem nem sequer saber de suas dificuldades e passados. Te julgam por algo tão bobo e sem sentido.

Me sinto sozinha
Me sinto mal
O pior ser humano de todos...

Em vários momentos da minha vida, pensei muito em não abandonar nada, mas isso não foi possível. Com várias coisas terríveis acontecendo, fui embora sem ao menos olhar para trás e dizer adeus.

Minha vontade é de berrar, berrar o mais alto possível para todos ouvirem e verem o quanto infeliz estou sendo.

Várias negações foram feitas, por diversos dias. Eu negava que era infeliz, não podia expressar meus sentimentos.

Agora que posso, escrevo em um simples pedaço de papel, ouvindo uma canção triste, para ganhar inspiração.

Muitas vezes a vontade de fugir de casa foi tanta, que não consegui me conter. Após uma das piores discussões da minha vida com meus pais, esperei eles saírem de casa, arrumei uma pequena mala com pertences mais necessários, e escrevi um bilhete dizendo:





Dobrei e coloquei em cima da cômoda.
O que eu pensava em fazer todos os dias, eu havia feito.
Peguei minhas malas e sai, caminhando, pensativa, chorando um pouco, mas com a consciência limpa de tudo que eu tinha acabado de fazer.
Precisava fazer isso, pois não me sentia mais feliz em minha casa, eu precisava. O que precisava, eu fiz!

Pensei comigo mesma:

’’NÃO QUERO MAIS, preciso mudar!!’’

Todos os dias discutindo com meus pais, eu não agüentava mais.
Apesar de tudo, eu amava um pouco, mas só um pouco.
Eu realmente sofri, mais de 1 mês, e ainda sofri.
O mais quero é ter minha vida, ser independente, não precisar mais de ninguém, ninguém me escuta, a única coisa que me resta é escrever o que sinto, para no papel tentar aliviar minha dor.

PS: Em partes esta história é verdadeira. Não quero me identificar agora, quem sabe mais tarde!

By: Uma garota sensível, aquela que expressa suas emoções e histórias verdadeiras em um papel.

Bom, o nome pode parecer tosco, mas eu sou assim, SENSÍVEL!

’’Não me sinto bem assim, quero gritar para o mundo ouvir’’

-Garota Sensível-




0 comentários: