Breve resenha: Mara Rúbia - #1 por Lucas Barata

A banda Mara Rúbia do Rio de Janeiro recentemente lançou seu primeiro álbum intitulado “#1”. Para quem não conhece, a Mara Rúbia é uma banda de rock experimental formada por Pedro Tambellini e Ricardo e Pedro Richaid que bebe muito do progressivo e do psicodélico, e isso fica claro em suas composições. A competência do instrumental e a criatividade na criação dos riffs e ambientação é notável, e também se deve reconhecer o trabalho lírico da banda. Com temas um tanto incomuns, a Mara Rúbia consegue criar sua própria mística dando originalidade ao álbum.
Com suas dez faixas, #1 viaja entre o rock, uns bons funkeados e um experimentalismo cheio de camadas vocais e efeitos que não deixa de ser orgânico. Dando destaque para algumas faixas, em “Conceitinho Surf Music”, foco para a letra tão criativa que brinca com o nosso cotidiano; “Gigante” é a primeira faixa que expõe de fato a veia psicodélica do grupo com a guitarra recheada de efeitos; “De Tudo” é uma linda quase balada “trippy” com um refrão pegajoso; “Sorvete de Limão” brilha pelos riffs; e, pra fechar o belo trabalho desses caras, tem a épica “Sr. Sapato” que possui um trabalho instrumental exemplar e uma letra tão pequena e que diz tanto.
A Mara Rúbia é uma das novas bandas cariocas que merece muito destaque pela sua posição de não se dobrar a clichês e pela competência de cada membro. Todos os integrantes são exímios instrumentistas que não pecam pelo excesso, o que, às vezes, acontece. O álbum em si é uma excelente amostra da capacidade do grupo de criar composições progressivas e acessíveis a qualquer público. Vale a pena checar o trabalho dos caras! O álbum está disponível nos links abaixo para ouvir e/ou comprar.

Mara Rúbia é:
Pedro Tambellini – Guitarra/vocais
Ricardo Richaid – Contra Baixo/vocais
Pedro Richaid – Bateria

Soundcloud:

Itunes:

Mais informações:


0 comentários: