A Lenda do Lago de Fogo - Por Brenda Ellen

Autor: Edson Vanzella Pereira


Editora: EDITORA DRACAENA

ISBN: 8582180624
Edição: 1
Coleção: 
Ano: 2013
Páginas: 380







Este livro foi uma cortesia disponibilizada pela Editora Dracaena

No inicio eu não entendi muito bem a capa, mas ao ler, consegui entender e ver o quanto é coerente à imagem da capa, com a história, entendi perfeitamente o motivo da imagem da Casa Branca na parte superior da capa, e por isso eu adorei a capa, a diagramação é bem simples, mas eu gostei bastante!

Ortografia impecável, eu não encontrei nenhum erro durante toda a obra. É um livro considerado de tamanho médio, com 378 páginas, é de fácil compreensão e me prendeu bastante.

O livro se baseia em uma lenda, como já diz no título, se passa na família Baltimore, o pai Peter, a mãe Lisa, o irmão mais velho David, o irmão do meio Max e a irmã mais nova Peggy. O espaço é nos Estados Unidos, os Baltimore é uma família humilde, e um dia na escola David recebe o comunicado que foi selecionado para fazer o teste de superdotados do governo e os três primeiros selecionados trabalhariam para o governo americano.

David, mesmo nervosos, superou todas as expectativas, e demonstrou ter um QI maior que 90 (QI do físico Albert Einstein), e por isso foi convidado a ter um cargo especial denominado Agente Zero.  David viaja em uma missão com seu pai e a agente do governo Brenda Marshal, e neste tempo sua mão e seus irmãos foram fazer uma visita ao lago dourado, onde Max foi atraído pela luz dourada do lago, que estava todo imundo cheio de resíduos provenientes da fábrica Moranreal, uma grande fábrica de chocolate.

Max se sentiu chamado pela luz, mas por sua mãe, ele não entrou no lago, mas como ficou com isso na cabeça, voltou ao lago e entrou na água, onde descobriu que era um dos Agentes da Luz, um dos dois anteriores era seu irmão David, que sofreu um acidente em sua missão e estava em coma no hospital, Max ficou sabendo que sua missão seria detonar o Agente Negro, que queria governar o mundo com sua maldade. Então com ajuda de sua família, de Brenda Marshal e do juiz e sua família, Max entra nessa perigosa missão.

Gostei muuito deste livro, prendeu bastante minha atenção, sua história é de fácil compreensão. Um tema que eu ainda não tinha visto ser desenvolvido anteriormente, e com categoria o autor conseguiu passar sua mensagem. Minha personagem favorita é a mãe (Lisa), por ser uma mulher forte e nunca ter perdido as esperanças, que seu filho ainda iria se recuperar do acidente. Todos os dias ela visitava ele no hospital e não saia de lá enquanto não conversasse com o médico, que todos os dias dava a mesma noticia, que seu filho estava no mesmo estado, que tinha mínima atividade cerebral.

Livro muito bom, Super Recomendo!!!

0 comentários: