Ânsia de Viver - Por Verônica Camargo

Falida 
Sem ao menos esperar
Desamparada
Sem ao menos sentir 
Carência
Sem ao menos desejar

Porque?
Eu pergunto porque...

Estou mal, muito mal
Não quero mais viver assim
Estou com ânsia 
Ânsia de viver 

Nunca fui a mesma
Nunca senti algo parecido 
Nunca vi a morte de tão perto

Estou ficando aflita
O que fazer agora?
Simplesmente pegar uma faca?
Apontar em meu peito 
E logo mais acontecer o pior desfecho?

Fico em meu quarto
Chorando... 
Sentindo...
Morrendo...
Sem sequer nenhuma esperança de viver 




0 comentários: