A Menina Sem Qualidades é a Tragedia da Sociedade Sendo Anunciada - Por E.C. Rezende

 Uma serie recente mas adaptada de um livro homônimo da autora alemã Juli ZehA Menina Sem Qualidades tem feito barulho na televisão e tem conquistado um publico que ficou cansado de ver Malhação. Mas quem assiste a serie e a acompanha percebe que o diretor teatral Felipe Hirsch não só quis mostrar o drama pessoal de uma menina que não se encontra, mas sim de uma sociedade que não se entende e por consequência não se aceita.
 Ana tem muitas facetas, mas ela está longe de ser uma mocinha de uma historia de amor, ela se ver tragicamente em um mundo que não a compreende mas para isso acontecer ela precisa se definir e está falta de definição que torna a serie ainda mais intrigante, enquanto Ana vai mostrando que não pretende ser uma menina socialmente comum, o telespectador é convidado a tentar entender o que está havendo com ela, mas ai que está, não tem como entender, infelizmente a sociedade não se aceita, não aceitamos que pessoas do mesmo sexo se cassem perante a lei ( não estou defendendo nada, apenas citando) não aceitamos clonagem de humanos em  laboratório e não aceitamos os outros como são.


 Ana não aceita o mundo em que vive e acaba criando um somente seu, aonde só ela pode entrar e sair, aonde não existe o certo e nem o errado. A sociedade com pilares forjados a muitos anos está ruindo, graças a tecnologia e a razão que impõe a auto-suficiência humana, porém tentar atrasar isso seria um ato terrorista? No começo do primeiro episodio Selma (namorada de Ana) é proibida pela mãe de vê-la, elas então se separam, um mundo que está sendo empurrado a aceitar um novo conceito de leis, liberdades de expressão e liberdade de direito, os anciões que fiam suas crenças na religião e por base da fé, ficam cada vez mais acuados, mas ai podemos ressaltar uma outra questão, com quantos anos uma pessoa tem o direito de pleitar sua liberdade sexual? Pais poderiam impor limites de aproximação de um filho pequeno a outro menino (a) sem serem rotulados e classificados como homofóbicos? Uma base muito complexa da serie é mostrar a banalização do sexo, Ana vai transar com um amigo e pratica sexo oral nele porém antes um conhecido dela pergunta "Você gosta dele?" ela solta varias gargalhadas e depois o menino olha pra ela e diz "Você é fria" românticos e apaixonados  nesta sociedade estão em processo de extinção, sexo não precisa mais de amor para ser feito, basta o tesão, ele já é suficiente para que o seu pênis fique duro e sua vagina molhada.
 Em um mundo que busca o certo mas ainda se contenta com o errado a Menina Sem Qualidades tem seu lugar ao sol, afinal a sociedade em si tem alguma qualidade ?

Confira abaixo o Primeiro Episodio da Serie


Um comentário:

  1. Eu não estou entendendo mais porra nenhuma dessa série,não sei mais quem é o psicopata, o homossexual, o BIssexual,o ninfomaníaco...

    ResponderExcluir